Seohyun debuta solo com um single que parece de Ariana Grande.

Antônio Lemos publicou isso há 1 ano.

Quando, no início de 2016, saíram rumores de que Seohyun (uma das vocalistas de Girls’ Generation, talvez minha favorita) faria seu debut solo no segundo semestre ainda de 2016, a maioria dos fãs ficou animado. Apesar das atividades na sub-unit, TTS, ela ainda não tinha mostrado suas ~ verdadeiras cores ~ para o público, a não ser em alguns covers durante a SMTOWN.

Cá estamos nós, um ano após os rumores, ouvindo o primeiro solo de Seohyun.

Sonoramente, Don’t Say No se assemelha dos trabalhos do primeiro álbum de Ariana Grande, Yours Truly, que por sua vez é como Mariah Carey soaria se tivesse debutado nos anos 2010. Seohyun se aproxima desse estilo desde que, em 2012, o primeiro single de TaeTiSeo, Twinkle estreou. Não é nenhuma surpresa que ela tenha seguido esta linha, a diferença é que Seohyun está mais madura, trabalhando mais ativamente na produção de suas músicas, com vocais melhores e pronta pra slay all your faves.

Mais um ponto positivo, é a diferença dos outros trabalhos já lançados pelas outras companheiras de grupo. Enquanto Taeyeon foca em baladas r&b/jazz, Tiffany libera sua Carly Rae Jepsen que só quer dançar (e gritar), Hyoyeon desvenda mistérios-térios, Seohyun foca em uma sonoridade Pop / R&B retrô, dos anos 90.

O mini-álbum, apesar de flutuar por outras influências, ainda soa semelhante à A-SIDE. Destaque para MAGIC (que ganhou uma coreografia, e provavelmente deve ser promovida como b-side nos programas musicais), Love & Affection (onde os vocais de Seohyun florescem por completo) e Bad Love.

Mal podemos esperar por mais da maknae da nação, #seohyunHWAITING.

 

Junte-se ao FansBR no Facebook

Discussão

Mais Conteúdo